Noroeste empata com Batatais fora de casa e segue invicto, no G4

Alvirrubro não conseguiu somar a desejada terceira vitória consecutiva, mas segue sem saber o que é derrota no Paulistão; Time, no entanto, desceu um degrau, passando para a quarta colocação

O Noroeste não conseguiu deixar o Estádio Osvaldo Scatena, em Batatais, com a terceira vitória consecutiva na mala, após partida contra os donos da casa que terminou em 0 a 0 nesta manhã de domingo (10). O resultado não foi comemorado para nenhuma das duas equipes, já que o Norusca passou da terceira para a quarta posição, já que o Comercial venceu, foi à 13 pontos e inverteu posição com o Alvirrubro, que agora tem 12. Por outro lado, o time noroestino permanece com sua invencibilidade, sendo três vitórias e três empates. E o Batatais, com 6 pontos, na 11.ª posição, deixa o campo com uma mistura de lamentação por se manter numa zona perigosa, próximo da linha de dois do rebaixamento, mas também ciente de que enfrentou uma equipe que luta pela ponta da tabela.

O JOGO

A partida começou com muito estudo e um Batatais se projetando mais ao ataque, obrigando o goleiro Cairo a trabalhar e fazer três defesas antes dos 20 minutos. O Noroeste tentou responder ofensivamente, utilizando os laterais Pacheco e Ian, e a qualidade técnica de Diego Souza, Léo Gonçalves e Tales Brener. Mas o Norusca pecou muito no último terço do campo e não conseguiu o gol. O Batatais, com a obrigação de vencer em casa, pressionado pela proximidade da zona de rebaixamento, continuava atacando o time de Bauru, mas sem sucesso contra uma das melhores defesas do Paulista.
Se o primeiro tempo foi de pouca intensidade ofensiva, o Noroeste voltou melhor para a segunda etapa, após o técnico Betão Alcântara promover a entrada de Jackson, centroavante de ofício, no lugar do meia Léo Gonçalves. Ofensivamente e com muito mais posse de bola, o Noroeste passou a incomodar o Batatais e quase que o Alvirrubro abriu o placar com três arremates perigosos do camisa 10 Diego Souza. O Batatais perdeu o ímpeto ofensivo nos primeiros 20 minutos, comparado ao que apresentou na primeira etapa. Já o Noroeste controlava a partida, mas numa bobeada individual no meio-campo o Batatais chegou rápido em contra-ataque e obrigou novamente o goleiro Cairo a fazer uma defesa difícil, aos 30 minutos.No lance seguinte, o camisa 10 Diego Souza sentiu o músculo da coxa e o time parou enquanto o Batatais se colocou em velocidade novamente e o goleiro Cairo, um dos melhores em campo neste domingo, fez mais uma grande defesa e evitou o gol dos donos da casa.Com a lesão do meia noroestino, Betão Alcântara colocou o atacante Lucas Dantas em seu lugar. Norusca voltou a ter volume ofensivo e aos 37 do segundo tempo chegou com perigo novamente pelo lado esquerdo, com cruzamento na pequena área e o próprio Lucas Dantas chutou e o goleiro China salvou os donos da casa, último lance de perigo do confronto.

“TIME MARTELOU, MAS A BOLA NÃO ENTROU”

O zagueiro Junior Campos enalteceu a soma de um ponto fora de casa. “Hoje foi um jogo que atacamos muito, mas a bola não entrou. Jogar fora de casa a gente sabe que é difícil, mas somamos um ponto importante e vamos buscar a vitória novamente em Bauru, na quarta-feira”, avaliou o camisa 4 noroestino.
O lateral Ian destacou a posse de bola do Norusca. “Eu diria que tivemos quase 80% de posse de bola nesse segundo tempo. Não tomamos o gol, que é o mais importante, que vai fazer diferença lá na frente, e agora é voltar a jogar em Bauru e vencer diante do nosso torcedor”, disse o camisa 6.
O técnico Betão Alcântara também comentou sobre a partida. “A nossa maior dificuldade foi no último terço do campo e ansiedade de fazer o gol. Os três que entraram fizeram bem as funções, rodando o campo, tentando infiltração e chutamos de fora da área. E lá atrás não poderíamos dar bobeira para eles não nos surpreenderam. Na Série A3 os times da parte de baixo da tabela complicam os jogos, o futebol é assim mesmo. A gente martelou bastante, mas o gol não saiu. Precisamos enaltecer o trabalho de todos. Tivemos mais um jogo sem tomar gol e somamos ponto, com muita posse de bola. Agora é voltar a Bauru e enfrentar o Taboão em casa”, comentou o treinador noroestino.
O Noroeste volta a campo nesta quarta-feira (13), às 19h, para enfrentar o Taboão da Serra, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. O time poderá contar com a estreia do atacante e ídolo noroestino Leandrinho.

INGRESSOS À VENDA

O Norusca prossegue com vendas de ingressos, que iniciaram na última quinta-feira, em nove locais. Os preços promocionais de meia-entrada estão mantidos até às 12h de quarta-feira (13), nos valores de R$ 15,00 arquibancada e R$ 25,00 cadeira coberta.Os pontos de venda são: secretaria do Estádio Alfredo de Castilho, na rua Benedito Eleutério, Vila Pacífico. Cartucho & Cia, rua Gustavo Maciel, 19-86, na esquina com a rua Joaquim da Silva Martha). Loja Merci Collections, rua Araújo Leite, 35-73, Vila Universitária. Loja Adidas, no Boulevard Shopping. Banca de Revistas e Jornais do Supermercado Tauste, Altos da Cidade. Banca do Adilson, rua Treze de Maio, esquina com rua Primeiro de Agosto, Centro. Pé Quente Calçados, avenida Dr. Marcos de Paula Raphael, 13-08. Mary Dota. Stillo Materiais para Construção, rua Lindolpho Silva Sobrinho, 1 40, Geisel. Jornal da Cidade, rua Xingu, 4-44, Higienópolis. Escritório Vitta Residencial, avenida Getúlio Vargas 21-60.

NOROESTE

Cairo
Pacheco
Jean Pierre
Junior Campos
Ian
Felipe Merlo (Igor Pimenta)
Rogério Maranhão
Richarlyson (C)
Léo Gonçalves (Jackson)
Diego Souza (Lucas Dantas)
Talles Brener
Técnico: Betão Alcântara


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *