Destaque no Paulistão, goleiro Cairo falou dos desafios e objetivos do time

Tido como um dos principais da posição na Série A3, tanto em 2019 mas também em 2018, quando foi campeão paulista, o atual camisa 1 do Noroeste falou sobre a primeira metade da fase de classificação e que o presente para a torcida e para Bauru, que é o Acesso, continua mais vivo do que nunca

O experiente goleiro noroestino Cairo, 34 anos, apontado pela crítica como um dos principais camisas 1 do Campeonato Paulista Série A3 de 2019, destaca a defesa do Norusca como um dos pontos fortes do time comandado pelo técnico Betão Alcântara, e enfatizou que o grupo está acertando nos treinos os detalhes ofensivos para o time voltar a vencer.
“Minha avaliação na primeira metade do campeonato é positiva, até porque se encerrasse a primeira fase hoje nós estaríamos classificados, no G4. É claro que a gente quer somar o maior número de pontos possíveis e o que nós pecamos foi naquela oportunidade de matar a partida. O time está muito focado e o trabalho é muito sério. Tivemos jogos em casa e fora que poderíamos ter saído com os três pontos, mas futebol é assim. Os adversários colocam o Noroeste como um dos times à ser batido. As equipes até aqui, com exceção ao Barretos, jogaram atrás da linha da bola. E temos a partir de agora outros jogos importantes, além de confrontos diretores”, comentou o goleiro noroestino.

MARCAÇÃO COLETIVA

Seguro debaixo das traves, considerado unânime entre os torcedores do Noroeste, Cairo falou ainda do bom momento da defesa do Alvirrubro no campeonato. “Nossa defesa vem fazendo um bom trabalho, porque a marcação começa lá na frente, com os jogadores fazendo o combate na saída de bola. Além dos atacantes terem a responsabilidade de fazer os gols, eles ainda contribuem muito com a defesa. Todos do elenco deixam o Norusca hoje com a melhor defesa da competição. Nessa segunda metade do campeonato é preciso continuar entrando focado, concentrado, porque as oportunidades vão aparecer e os gols também”, destacou o camisa 1.

“JOGO SERÁ DECIDIDO EM DETALHES”

Cairo falou ainda da importância do confronto diante do Capivariano. “O importante é não tomar gol, porque o jogo vai ser difícil, contra um time forte e de tradição, que vem com jogadores jovens e experientes. Vamos contar com a qualidade dos nossos homens de frente para fazerem os gols que precisamos. É um jogo daqueles que vai ser decidido nos detalhes”, afirma o goleiro.

OBJETIVO É CLASSIFICAR NO G4

Cairo destacou que o principal objetivo do Noroeste nesta primeira fase é ficar entre os quatro primeiros colocados, para decidir os jogos de volta do mata-mata em Bauru. “Todos aqui, titulares e os que vem entrando e dando conta do recado, estão com o mesmo pensamento, que é de classificar entre os quatro. Para que possamos decidir em casa no mata-mata e brigar pelo acesso. Esperamos que todo o esforço e trabalho da diretoria, da comissão técnica, dos funcionários do clube e de nós jogadores possa ser recompensado com o retorno do Noroeste à Série A2, o que seria um presente também para o nosso torcedor e a cidade de Bauru”, finaliza Cairo.

O Noroeste entra em campo para um importante confronto direto na tarde deste sábado (23), às 17h, contra o Capivariano, na Arena Capivari, pela 9.ª rodada do Paulistão Série A3 2019. A partida, considerada de “seis pontos”, marca o início da segunda e decisiva metade do estadual. O Norusca, na quarta colocação com 14 pontos, invicto, vem de dois empates em casa e busca a reabilitação e o reencontro com a vitória diante de um forte adversário. O Capivariano é o terceiro colocado, com 15 pontos, e vem de uma vitória contra outro concorrente direto pela ponta da tabela, o Comercial, por 2 a 0, jogando em Capivari. 


A arbitragem é de João Vitor Gobi, 23 anos, com os assistentes Edson Santos e Denis Mistrelo. O quatro árbitro escalado é Luiz Carlos Junior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *