Mesmo com pênalti perdido, Noroeste busca empate e se classifica no G4

Norusca fechou a classificação jogando bem, perdeu chances de gol e ainda reagiu no fim para igualar o placar em 1 a 1; equipe foca agora nas quartas de final contra o Barretos

O Noroeste já tem adversário definido para as quartas de final da Série A3 do Campeonato Paulista. O Norusca enfrentará o Barretos, sendo a primeira partida na casa do adversário, no próximo final de semana, e com o jogo da volta no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. O chaveamento foi definido desta forma após o Noroeste empatar com o Atlético Monte Azul na manhã deste domingo (31), por 1 a 1, no Alfredão, com gol de Gabriel Caran, que abriu o placar para os atleticanos no primeiro tempo. E aos 45 do segundo tempo, Léo Gonçalves saiu do banco para acertar um lindo chute, de fora da área, e empatar com um golaço.
Com o resultado, o Noroeste se garantiu no G4, com a quarta colocação e 26 pontos. O Barretos, por sua vez, venceu em casa o Rio Preto por 3 a 1, alcançando a 5.ª posição, com 24 pontos.
As datas dos confrontos serão definidas no arbitral que ocorre na tarde desta segunda-feira, na sede da Federação Paulista, em São Paulo. No arbitral será definido também se haverá três vagas de acesso para a Série A2 do Paulista do ano que vem, devido a fusão anunciada nesta semana, entre o Red Bull Brasil e o Bragantino.

O JOGO

O Noroeste teve mais volume de jogo nos 90 minutos, mas uma falta de concentração ou outra resultaram em algumas situações de perigo por parte do Monte Azul. E em uma delas, após cobrança de bola parada, ainda no primeiro tempo, Gabriel Caran abriu o placar para os visitantes, de cabeça, aos 11 minutos. A partir daí só deu Noroeste. Em manhã inspirada do atacante Chico, o bauruense incomodou demais a defesa adversária e teve três chances de empatar. Em uma delas, na disputa pela bola numa sobra do ataque do Norusca, dentro da área, Chico bateu forte e o goleiro defendeu. Nas outras duas, nos acréscimos, Chico driblou dois adversário e fez o arremate, que caprichosamente foi na trave. No lance seguinte, ele deu um chute bonito, onde parecia que a bola iria entrar no ângulo, mas passou raspando a trave e foi par fora.
No segundo tempo, o Noroeste voltou pressionando muito o adversário, mas voltou a perder chances de gol, com Caio Barbosa e Leandrinho. Rcharlyson e John arriscaram de fora da área, mas não conseguiram vencer a defesa do goleiro Caio.
O Alvirrubro teve ainda um pênalti, após Chico ser derrubado na pequena área. Confiante na boa partida que fez, ele pediu a bola para efetuar a cobrança, mas o goleiro Caio defendeu.
Aos 45 minutos da etapa complementar, em mais uma dentre varias jogadas de ataque do Norusca, o defensor atleticano Ferrugem, que havia acabado de entrar, vacilou na marcação contra Leandrinho e tocou na bola para lateral. Leandrinho cobrou rápido, pegando a defesa desarrumada, passando a bola para Caio Barbosa, que dominou dentro da área, fez o pivô e rolou para Léo Gonçalves chutar de fora da área e fazer um golaço de perna esquerda.

“AGORA É OUTRO CAMPEONATO”

Após o término da partida, o técnico Betão Alcântrta exaltou o trabalho do elenco que destacou ainda o volume de criação de jogadas ofensivas. “A nossa produção foi muito boa. Há muito tempo a nossa equipe não criava tantas chances de gol. Tivemos muito volume de jogo, até porque tivemos treinos táticos a semana toda e os jogadores trabalharam muito isso. Mas têm dias que nada da certo e empatamos. Agora é outro campeonato e estamos totalmente focados nos dois jogos de quartas de final contra o Barretos”, comentou o treinador noroestino.

Noroeste
Cairo
Pacheco
Junior Campos
Jean Pierre
Renan
Richarlyson (Pedro)
Rogério Maranhão
John Egito (Léo Gonçalves)
Chico (Ian)
Caio Barbosa
Leandrinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *