Histórico: Noroeste terá time feminino para disputar o Paulista

Clube e Semel fazem parceria e viabilizam um inédito time feminino do Norusca; primeiro objetivo é equipe sub-17 e as “peneiras” estão marcadas para 12 e 13 de julho

A partir de agosto serão as meninas de Bauru que farão a bola rolar no gramado do Estádio Alfredo de Castilho, em competição oficial da Federação Paulista de Futebol. O Esporte Clube Noroeste comunica, nesta quinta-feira (27), a união com a Secretaria de Esportes e Lazer (Semel) que viabiliza um time feminino inédito na história centenária do Norusca. Este pontapé inicial já tem data das avaliações, as populares “peneiras”, que ocorrerão nos dias 12 e 13 de julho, no campo da Faculdades Integradas de Bauru (FIB). Neste primeiro momento, o time a ser formado será na categoria sub-17, que terá como treinador Élton Carvalho, atualmente coordenador do projeto social de futebol feminino do município. Élton já foi treinador do time profissional da FIB Futsal, foi técnico do time sub-15 do Norusca em 2016 e em 2017 foi auxiliar técnico do time profissional do Alvirrubro na Série A3 daquele ano e depois na Copa Paulista.

FUTEBOL FEMININO EM BAURU EM EXPANSÃO
Élton Carvalho revela que o futebol feminino na cidade vem crescendo e conquistando resultados importantes, com mais de 50 meninas, entre 15 e 18 anos, por meio do projeto social de futebol conduzido pela Semel. “Os treinos são feitos no complexo esportivo da FIB e a nossa intenção é de expandir este projeto para mais quatro regiões de Bauru, quadruplicar o número de jogadoras, já a partir dos 9 anos, e fortalecer o time de rendimento que estamos lapidando. Hoje o time de rendimento que podemos formar é no sub-17, para disputar o Campeonato Paulista, mas não escondemos o desejo de conseguir patrocínio para disputarmos, no fim do ano, o Campeonato Paulista sub-18”, comenta.
O treinador revela também a vontade de um dia Bauru e o Noroeste terem seu time profissional. “Este é um começo. Vamos iniciar um time de base, depois fortalecê-lo, talvez até disputarmos o Nacional, se empresários de Bauru apoiarem, claro, e futuramente podemos também a pensar no futebol feminino profissional. Até porque temos certeza que tão breve o Norusca retornará à Primeira Divisão e precisará ter sua equipe feminina”, destaca Élton Carvalho.

CAMPEONATO PAULISTA
O Campeonato Paulista feminino sub-17 organizado pela Federação Paulista terá, além do Noroeste, outras 15 equipes, contando com os quatro grandes de São Paulo. A estreia prevista é 18 de agosto, ainda sem tabela definida. Os jogos das meninas serão no Estádio Alfredo de Castilho e, claro, a comissão técnica e as meninas vão precisar muito da torcida do Norusca nas arquibancadas.
“Os custos de arbitragem do alto rendimento estão todos previstos no orçamento do projeto social. E no Noroeste teremos a chancela para disputarmos os campeonatos da Federação Paulista e até da CBF. Representaremos o escudo do Norusca e termos a estrutura para as partidas, no Alfredão, o departamento de comunicação do clube, mas, de fato, o que fará mais diferença nos jogos, creio, seja o calor da torcida de Bauru e região incentivando nossas meninas”, destaca Élton Carvalho.
Os treinos do time feminino serão todos no próprio campo da FIB e as partidas no Alfredão. A parceria deve fazer uma apresentação oficial do elenco, comissão técnica e patrocinadores entre o final do mês e julho e o início agosto. Interessados em patrocinar o Noroeste/Semel Feminino sub-17 podem entrar em contato com o próprio treinador, por meio do telefone 14 99122-4355.
Duas meninas já posaram para fotos no Alfredão ao lado do treinador. São elas a atacante Paola Pereira, 16 anos, moradora do Centro e estudante da EE Ernesto Monte, que fará parte do time, e a zagueira Stela Oliveira, 17 anos, residente do Jardim Nova Esperança e estudante do Sesi 296. Stela é uma revelação do projeto feminino da Semel. Ela completará 18 anos em 2019 e por isso não fará parte da equipe noroestina, mas foi aprovada em teste no Palmeiras e passa a fazer parte do time feminino do Verdão.

PENEIRAS
O novo projeto entre Noroeste e Semel já tem avaliações agendadas. As meninas que completarão 16 ou 17 anos em 2019 devem comparecer ao campo no interior da FIB para as avaliações. Eles ocorrem nos dias 12 e 13 julho, às 16h. As jogadores devem ir com camiseta, calção, chuteira society ou de cravo, meião e caneleira. Um exame médico de aptidão física deve ser entregue no dia do teste.
“Temos uma base bacana de jogadoras e dois dias de avaliação para recebermos mais meninas, de Bauru e cidades da região. Essa parceria pode, um dia, viabilizar o sonho delas de serem jogadoras profissionais e viverem de futebol”, frisa o treinador.

DESDE 2017
O futebol feminino do projeto da Semel vem defendendo as cores de Bauru desde 2017, quando teve início o trabalho social, que agora passar a ter time de rendimento. De lá pra cá, as meninas conquistaram o tricampeonato consecutivo da Copa da Juventude sub-18, a Copa do Estado em 2018, no sub-17, além do vice-campeonato dos Jogos Regionais de 2017 e um terceiro lugar nos Regionais de 2018. No dificílimo Jogos Abertos o projeto bauruense conquistou o 5.º lugar no ano passado. Neste mês, elas conquistaram também o título dos Jogos da Juventude.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *