Noroeste abre placar com golaço e leva empate aos 53 do 2.º tempo

Noroeste abre placar com golaço e leva empate aos 53 do 2.º tempo

Alvirrubro voltou a fazer boa atuação, mas perdeu chances de matar o jogo e de somar 3 pontos em casa
.
O Noroeste sofreu um empate dolorido na noite desta quarta-feira (8), em partida chuvosa no estádio Alfredo de Castilho.  O Norusca estava vencendo o XV de Piracicaba por 1 a 0 e deixou escapar a vitória aos 53 minutos do segundo tempo.
A partida começou com muito estudo e poucas chances efetivas de gol. O Alvirrubro abriu o placar com um golaço de rara beleza, de muito longe, após chute forte do camisa 8 Rogério Maranhão, aos 23 minutos do primeiro tempo. A bola ainda acertou o travessão antes de entrar. No segundo tempo, o técnico Betão Alcântara mexeu no time e manteve a mesma pegada ofensiva, colocando no jogo os atacantes Gabriel Esteves e Neto, além do meio-campista Igor Pimenta. A equipe da casa dominou o segundo tempo, atuou bem de forma coletiva e teve muito volume de jogo ofensivo. Mas o Noroeste perdeu muitas chances de gol, outra vez, e perdeu a chance de matar o jogo.

Arbitragem confusa e empate amargo

Já nos acréscimos, em bola disputada na área noroestina, Gabriel Esteves se antecipou a dois adversários e cortou a bola, deixando ambos tropeçarem nele após o corte. Inseguro, o árbitro Douglas Marques das Flores correu para marcar o pênalti. Após reclamações e um pedido do auxiliar para desmarcar a penalidade, que não existiu, o juiz inventou um escanteio. As imagens de vídeo mostram que a bola sequer havia saído de dentro da área. Na cobrança de tiro de canto irregular, o XV quase empatou o jogo e o Noroeste, pressionado, optou pelo chutão e forçou um último ataque. O XV recuperou a bola, aos 53 do segundo tempo, e num último ataque conseguiu um chute desviado com Samuel e garantiu um empate com gosto de vitória no Alfredão.
O Noroeste deixou o campo com 1 ponto em dois jogos e buscará a vitória no domingo (12), contra a Ferroviária, às 15h, na Fonte Luminosa, em Araraquara.
“Faltou maturidade no fim”
O técnico noroestino Betão Alcântara falou sobre o empate amargo em casa. “Tivemos o controle do jogo e a chance fazer o segundo gol. Pressionamos muito, mas faltou um pouco de maturidade ali no fim, de segurar a bola no ataque, levar ela até a ponta do escanteio. O que a gente mais treina aqui é finalização. Os jogadores estão muito chateados com a vitória que não veio, mas agora é descansar, recuperar e treinar para vencer a Ferroviária”, disse o treinador após a partida.
Noroeste
Cairo
Pacheco
Jean Pierre
Junior Campos
Alex Cazumba
Alê
Rogério Maranhão
Gindre (Igor Pimenta)
Leandro Oliveira;
Renatinho (Gabriel Esteves)
Daniel Bueno (Neto)
Técnico: Betão Alcântara

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Fatal error: Uncaught exception 'wfWAFStorageFileException' with message 'Unable to verify temporary file contents for atomic writing.' in /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php:46 Stack trace: #0 /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php(567): wfWAFStorageFile::atomicFilePutContents('/home/noroeste/...', '<?php exit('Acc...') #1 [internal function]: wfWAFStorageFile->saveConfig() #2 {main} thrown in /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 46