Noroeste encara a Matonense diante da torcida neste domingo

Noroeste encara a Matonense diante da torcida neste domingo

Alvirrubro busca retomar vaga no G4 enquanto a equipe de Matão luta para fugir da antepenúltima colocação, no Z6
.
Adversários frequentes nos últimos anos, com três empates em três jogos, Noroeste e Matonense voltam a se enfrentar na manhã deste domingo (4), às 10h, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. O Norusca busca sua reabilitação na Série A3 do Paulista e encara um adversário que está na antepenúltima colocação e briga para escapar da zona de rebaixamento.

SITUAÇÕES OPOSTAS
O Noroeste do técnico Alberto Félix iniciou a rodada na 5.ª colocação, com 22 pontos, e precisa vencer para retomar uma vaga no G4. Já a Matonense do treinador Luciano Quadros, ex-MAC, está na 18.ª posição, com 11 pontos, e briga para tentar salvar a equipe do descenso.
Enquanto o Noroeste vem de um revés para a líder Portuguesa Santista, fora de casa, após invencibilidade de 5 rodadas, o time de Matão empatou com o time de pior campanha no campeonato, o lanterna Mogi Mirim, que tem apenas 3 pontos em 12 jogos, sendo um deles obtido em casa, contra a SEMA. A Matonense vencia por 2 a 0 e cedeu o empate aos 47 do segundo tempo.
O Noroeste terá dois desfalques, o volante André Rocha e o atacante Wellington, ambos expulsos no último jogo e que cumprem suspensão automática. A comissão técnica noroestina não confirmou os substitutos. Brigam por vaga no ataque Romão, Alef e Jorge Mauá. O atacante Rodrigo Tiuí e o meia-esquerda Samuel estão em reta final de recuperação de lesão na coxa. Na vaga do meio-campo podem aparecer Alex Silva, Igor Pimenta ou Michel.

A MATONENSE
O time do técnico Luciano Quadros virá a Bauru para jogar no contra-ataque, brigando por uma bola. O Noroeste terá que ter atenção com o contra-ataque, principalmente pelos extremos do campo, por onde a Matonense gosta de jogar.
 
“JOGAR COM INTELIGÊNCIA”
Para o técnico Alberto Félix, é preciso ter muito cuidado com o adversário e saber jogar com inteligência neste domingo. “Nos preparamos bem para essa partida. Sabemos da importância de vencer, pensando na classificação. Apesar da Matonense estar numa posição abaixo na tabela, eles vão proporcionar dificuldades pra gente, e precisamos estar preparados. Eles vão jogar motivados para buscar uma vitória aqui e precisamos jogar com inteligência para fazer aquilo que treinamos e podermos sair de campo com os três pontos”, comentou o treinador, por meio da assessoria de imprensa do clube.

ÚLTIMOS TRÊS CONFRONTOS TERMINARAM EMPATADOS
No ano passado, pela mesma Série A3, Noroeste e Matonense empataram em 2 a 2 no estádio Alfredo de Castilho, no dia 5 de abril de 2017, pela 17.ª rodada. Os gols noroestinos foram anotados por Aguillar e Citta Jr. O técnico na época era Vitor Hugo. Naquela partida, o atual zagueiro noroestino Jean Pierre defendia o time de Matão.
Em 2016 os times também empataram, em 1 a 1, em Matão, no dia 13 de fevereiro, pela 5.ª rodada da Série A3. O gol noroestino foi de Marinho. Técnico interino era Diego Kami Mura.
Com o Norusca na Série B de 2015, o antepenúltimo confronto destas duas tradicionais equipes ocorreu em 2014, pela A3, onde empataram outra vez, em 2 a 2, no Alfredão, no dia 2 de abril de 2014, na 17.ª rodada. Os gols do Alvirrubro foram anotados por Henrique Ribeiro e Allan. O técnico era Vitor Hugo.

Este post tem um comentário

  1. Enquanto ficarmos por aqui apenas criticando aqueles que tentam fazer alguma coisa pelo clube, nada será fácil. Penso que os resultados estão acima do esperado por que há no clube uma união de esforços para mudar. Uma união de diretoria, jogadores, associados, mas pouco esforço de torcedores. Bater no peito e dizer que é alvirrubro nas horas boasé fácil. Agora fazer isso quando tudo para conspirar contra não é para qualquer um, apenas os corajosos fazem isso. coupon

Deixe uma resposta

Fechar Menu