Noroeste perde chance de vencer em casa e fica no 0 a 0

Noroeste perde chance de vencer em casa e fica no 0 a 0

Time foi aguerrido com um jogador a menos por mais da metade da partida e escapa do Z6

 

Por Bruno Freitas

 

Em jogo equilibrado, do começo ao fim, com várias chances de gol desperdiçadas, principalmente pelo Noroeste, as equipes que brigavam para escapar do rebaixamento na tarde deste sábado (19), no Estádio Alfredo de Castilho, saíram de campo com amargo empate de 0 a 0. Ambas as equipes dormem fora da zona de rebaixamento da Série A3 do Paulista, com 17 pontos cada.

Vitão x Varlei

O jogo também foi marcado pelo duelo entre dois nomes que já vestiram a camisa do Noroeste como jogadores. De um lado Vitor Hugo, pelo Alvirrubro, e do outro o velho conhecido da torcida, o ex-ponta-esquerda e ex-técnico noroestino Varlei de Carvalho, hoje, defendendo o Comercial. Varlei se exaltou tanto com a arbitragem que, inclusive, foi expulso por reclamação do segundo tempo.

Situação na tabela

O Alvirrubro coleciona agora 4 pontos nos dois últimos jogos. A torcida fica de olho agora nos confrontos dos adversários da zona de degola nesta manhã de domingo, às 10h. Caso o São José EC (16º), com 16 pontos, perca para a Matonense (9º), em Matão, e o Primavera (17º), com 15 pontos, sofra derrota para o Sertãozinho (7º), na casa do adversário, o Noroeste fecha a rodada fora do Z6, subindo para a 13ª posição. Em um campeonato tão nivelado como o deste ano, o Norusca, neste momento,  fica 6 pontos atrás do 8º colocado Grêmio Osasco, no G8, que perdeu em casa por 2 a 1 para o São Carlos.

“Faltou pontaria. O nosso ataque agrediu bastante a defesa do Comercial, tomamos alguns sustos, mas não podemos perder tantos gols dessa maneira. Agora é trabalhar novamente e buscar a vitória na quarta-feira (23)”, disse o técnico Vitor Hugo, que reúne os jogadores novamente para bate-papo e treino neste domingo. Na quarta, a equipe encara o imprevisível Guaratinguetá, hoje com 15 pontos e na 18º colocação, que surpreendentemente derrotou o líder Atibaia (32 pontos) por 2 a 1 em casa.

O Jogo

Com a obrigação de fazer o resultado em casa, após vitória de 3 a 2 na última quarta-feira, contra a Inter de Limeira, em Limeira, o time do técnico Vitor Hugo começou melhor e chegou com boa chance de abrir o placar logo aos 3 minutos de jogo, após boa escapada de Ueslei pela ponta-direita e cruzamento que terminou com chute prensado pra escanteio. Aos 17, Marcelo Santos recebeu de frente pro gol, na entrada da área, mas bateu forte por cima. O Comercial não ficou recuado e respondeu logo na sequência com um chute à queima roupa que parou na ótima defesa de Roni Turola, que mais uma vez foi um dos grandes destaques do time.

O Noroeste continuou ditando o ritmo do jogo e Marcelo Santos apareceu bem novamente e bateu outra vez por cima da meta do goleiro adversário. Aos 38 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Rafael Pontoli, que já tinha tomado um cartão amarelo logo no início, fez falta para parar contra-ataque e tomou segundo cartão e foi expulso. Com um homem a mais em campo, o Comercial botou pressão no Noroeste, mas o goleiro Roni, a muralha de Bofete, salvou mais uma, na chegada e chute do atacante Thiaguinho.

No intervalo, o técnico Vitor Hugo colocou Rafael Olinto como primeiro volante para reforçar o sistema defensivo no lugar do meia Marcelo Santos. O Noroeste não recuou a marcação e o time buscou investir nas pontas, com a velocidade dos gêmeos Everton e Ueslei, mas em uma jogada de contra-ataque, por pouco o Comercial não fez o gol. O ataque chegou com condição livre de abrir o placar, mas o lateral-esquerdo Hipólito se esticou todo e impediu. Aos 19 minutos, o zagueiro Alemão, do Comercial, também levou o segundo amarelo e deixou o campo mais cedo. Com 10 contra 10, o Noroeste voltou a ser superior no confronto após Vitor Hugo promover as entradas do atacante Marcão no lugar de Tuxa e do meia Marinho que substitui Ueslei. Em sequências, foram ao menos cinco chances de gol desperdiçadas, com arremates para fora e que explodiram nos zagueiros após boas jogadas individuais.

Uma confusão generalizada teve início após a falta de fair play do jogador do Comercial, que não devolveu a bola para o Noroeste e, ao invés disso, partiu pro ataque e foi parado com um “chega pra lá” do zagueiro Hérick Samora, que pagou geral pra cima do árbitro que não advertiu ninguém.  Já nos acréscimos, ainda teve tempo do goleiro Roni salvar mais uma e, no contra-ataque, o Norusca perder mais um gol após Marcão driblar o zagueiro, cruzar na pequena área e a zaga afastar de qualquer maneira pra fora.

 

Ficha Técnica

Público: 694

Renda: R$ 6.940,00

 

Noroeste

1 – Roni

2 – Guilherme

3 – Rafael Pontoli

4 – Hérick Samora

6 – Hipólito

5 – Maicon Douglas

8 – Alemão

10 – Marcelo Santos (Rafael Olinto)

7 – Tuxa (Marcão)

9 – Ueslei (Marinho)

11 – Everton

Técnico Vitor Hugo

 

Comercial

1 – Otávio Funnicheli

2 – Wanderson Cafu

3 – Alemão

4 – Diogo

6 – Assolan

5 – Willian

8 – Carlão

7 – Marangon

10 – Elvinho

11 – Thiaguinho

9 – Rony

Técnico Varlei de Carvalho

 

Árbitro

Marcos Silva dos Santos Gonçalves

Assistente 1

Vladimir Nunes da Silva

Assistente 2

Anderson Lucas de Lima

Quarto Árbitro

Wagner Francisco Salviano da Silva

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Fatal error: Uncaught exception 'wfWAFStorageFileException' with message 'Unable to verify temporary file contents for atomic writing.' in /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php:46 Stack trace: #0 /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php(567): wfWAFStorageFile::atomicFilePutContents('/home/noroeste/...', '<?php exit('Acc...') #1 [internal function]: wfWAFStorageFile->saveConfig() #2 {main} thrown in /home/noroeste/public_html/wp-content/plugins/wordfence/vendor/wordfence/wf-waf/src/lib/storage/file.php on line 46