Noroestel fecha 2017 em crescimento, com título e no top-5 de SP

Noroestel fecha 2017 em crescimento, com título e no top-5 de SP

O projeto social da Tel Telecomunicações, com o Esporte Clube Noroeste e a Semel ficou na quinta colocação dentre todos os municípios do Estadual sub-15 promovido pelo Governo do Estado
.
O projeto Noroestel comemora, em 2017, mais um ano de sucesso com o trabalho futebol social, que registrou crescimento, ultrapassando o número de 400 crianças, e a excepcional quinta colocação do time sub-15 no 46.º Campeonato Estadual promovido pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (SELJ) do Estado de São Paulo.
Além desta façanha, onde o projeto o clube conquistou pelo caminho os títulos das fases regionais e sub-regionais, o time sub-15 conquistou também o título da Copa Bauru. Já o time sub-17 foi semifinalista da Copa Big Boys. Os jogadores sub-15 Cristian e Marquinhos, respectivamente, conquistaram troféus individuais de melhor goleiro e artilheiro da Big Boys.
O coordenador do projeto, Luciano Sato, ressaltou que foi mais um ano muito positivo e projeta que 2018 será melhor ainda, inclusive com chances de revelar jogadores. O Projeto Noroestel, de acordo com Sato, passou a ser espelho para outras prefeituras do Interior, que o procuram para pegar informações de como desenvolver o trabalho. “O projeto Noroestel comemorará em 2018 seu quarto ano de fundação. Quero agradecer aos voluntários e treinadores adjuntos Mário Giglio, José Roberto e Marcelo Yoshitome, o técnico Alex Garcia e a voluntária Amanda Rossy”, comenta.
Luciano Sato destaca também que o projeto encaminhou meninos que disputaram o Campeonato Paulista sub-20 da Federação Paulista de Futebol (FPF), onde o técnico foi Dú Itapuí. “Os mais jovens do projeto, jogadores do sub-15 e sub-17, chamaram a atenção do Figueirense, Novorizontino, Ituano, Linense e outros clubes, mas vamos segurá-los para disputar o Paulista de base pelo Noroeste em 2018”, frisa.
PROJEÇÃO
Luciano Sato frisa que em 2017, com a façanha da quinto lugar do Estadual do Governo de São Paulo, ele percebeu que o projeto Noroestel consegue buscar o título em 2018. “Temos jogadores de qualidade. Vimos que é possível e vamos trabalhar para isso. Não é segredo pra ninguém, todos sabem, o principal objetivo do Projeto Noroestel é sempre será a questão social, retirar os jovens das ruas. Tanto é que fazemos a integração e participação das crianças e adolescentes nos treinos, jogos, amistosos e viagens. E desta forma estamos formando cidadãos do bem. Eles não tem tempo de fazer coisa errada na rua. Tem treino, tem amistoso e tem campeonato. Temos muitos adolescentes que vem com os pais de outras cidades para treinar aqui. Alguns destes jovens do projeto podem até se tornarem jogadores de futebol, mas, quem não for, vai estar no caminho dos estudos e poderá ter uma profissão e uma carreira de sucesso em outras áreas. E isso é o mais importante para nós”, destaca.
COMO PARTICIPAR
Para participar do Projeto Noroestel, que neste momento está em recesso, precisa comparecer no final de janeiro, acompanhado dos pais, para fazer inscrição com Luciano Sato. A matrícula, os treinos e os uniformes são gratuitos. É exigido e cobrado assiduidade na escola e boas notas.
Texto e fotos: Bruno Freitas/Noroeste

Deixe uma resposta

Fechar Menu