Richarlyson confirmado no retorno do Noroeste na A3

Meio-campista estava no elenco do Norusca que disputou o Campeonato Paulista até a paralisação do futebol e manteve rotina de treinos ao lado da família, em Bauru

O dono da camisa 20 e um dos líderes do elenco que disputou a atual temporada está de volta ao Noroeste. Internamente, Richarlyson já havia garantido para a diretoria, há algumas semanas, o seu retorno para a continuação da Série A3 do Campeonato Paulista. Não é a terceira passagem, mas sim a continuação da segunda.
O atleta de 37 anos defendeu o Norusca em todo o estadual de 2019 e retornou para a A3 de 2020, a partir da 8.ª rodada. Richarlyson deve seguir desempenhando função de articulação do meio-campo, mas também pode ser deslocado para primeiro ou segundo volante, pelo lado esquerdo, dependendo da necessidade do time.
Filho do ídolo Lela, que foi revelado pelo Noroeste e depois foi brilhar e ser campeão brasileiro pelo Coritiba, Richarlyson manteve a forma física com treinos em casa, ao lado da família de Bauru. Ele falou sobre seu retorno e a retomada da Terceirona.
“É um momento diferente, uma volta com restrições, mas, acima de tudo, feliz porque vamos voltar a fazer o que a gente mais gosta. No meu caso, o que mais amo, que é jogar futebol. Preocupado, claro, com a questão da pandemia, mas feliz e confiante porque podemos continuar fazendo a nossa campanha e buscar esse acesso que nós estamos almejando há alguns anos. Tenho treinado em casa, claro, não é a mesma coisa, mas não fiquei parado. Estou apto para fazer essa retomada e com um pouco de trabalho dá pra chegar aos 100% e dar o meu melhor dentro de campo”, comenta o jogador.
Na A3 deste ano ele estreou no dia 1.º de março, contra o Velo Clube, em Bauru, depois atuou contra Desportivo Brasil, com direito ao gol da vitória por 1 a 0, Capivariano e na última partida diante do Olímpia. Somando este ano e a A3 de 2019, foram 20 jogos e 2 gols.
Deda, gerente de futebol, também tem seu retorno oficializado. A direção do clube comunica que segue em negociação com o técnico Luiz Carlos Martins para que tanto o Rei do Acesso quanto a comissão técnica continuem o trabalho desenvolvido na pré-temporada e nas 11 rodadas até a paralisação do campeonato.
O clube deve contar com o retorno de quase a totalidade do elenco que defendeu o time na atual temporada, exceto os atacantes Fabrício, artilheiro da A3 com 6 gols (ao lado de Gabriel Barcos), que está no Cuiabá-MT, e de Éverton, que já defende o Gama-DF. O lateral-esquerdo Renan, que chegou a jogar por outro time nos últimos dois meses, o Atlético Cajazeiras-PB, também pode voltar ao Norusca.
A reapresentação e início dos treinos ocorrem na próxima segunda-feira, dia 17. Os testes de Covid-19, a serem coletados por equipes do hospital paulistano Albert Einstein, em parceria com a Federação Paulista de Futebol (FPF), estão agendados para o meio-dia de terça-feira (18).
Na sequência do campeonato, o Noroeste não poderá contar com o seu 12.º jogador. Estão proibidos os torcedores nos estádios, devido a pandemia do coronavírus, mas o clube, em parceria com um grupo de torcedores, estuda a viabilidade de confeccionar e vender ingressos virtuais. Uma forma do torcedor de Bauru e região poder participar, financeiramente, do restante da campanha da equipe na luta pelo Acesso à Serie A2.

CAMPANHA A3 2020
Em 11 jogos até a paralisação da Série A3, o Noroeste é líder isolado e somou 26 pontos, seis a mais que o vice-líder EC São Bernardo. O Alvirrubro teve oito vitórias, dois empates e um único revés. É a equipe com o melhor ataque, com 19 gols, e também com a melhor defesa, com cinco sofridos. O Norusca também foi líder de público, com média de 3.479 por jogo, tendo registrado o recorde da A3 de 2020 no confronto contra o MAC, com 5.847 pessoas.
A Locomotiva Vermelha é a única classificada, restando quatro rodadas para o término da fase de classificação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima